Navigation

A expressão sexo seguro refere-se a práticas que diminuem o risco de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

A maioria destas doenças pode também ser transmitida de outras formas. Mesmo alguém virgem pode estar infectado.

O preservativo é o meio mais eficaz de evitar a transmissão de doenças. Ao introduzir uma barreira para a transmissão de fluídos, o preservativo impede o contágio.

Também podemos considerar o sexo não penetrativo como um método de reduzir a possibilidade de transmissão de doenças. Práticas como a masturbação mútua são muito seguros, e mesmo o sexo oral tem riscos mais baixo de contaminação (embora não elimine todos os riscos).

A maioria dos métodos contraceptivos (como a pílula) evitam somente a gravidez e não a transmissão de doenças.